Qual a importância da Automação Comercial para sua empresa?



Qual a importância da Automação Comercial para sua empresa?

Automação comercial é um recurso para transformar tarefas repetitivas em processos automáticos, realizados por máquinas. Por meio dela, tarefas suscetíveis a erros humanos como anotação do peso de uma mercadoria, preenchimento de um cheque, por exemplo, quando feitas de maneira informatizada, ganham velocidade e eficiência.
Não basta a preocupação somente com as vendas ou com o atendimento ao público. É preciso organizar a empresa em seu conjunto, saber onde o dinheiro está sendo empregado, controlar gastos e despesas financeiras, pois só assim os ganhos que se conquistam na venda não serão perdidos na retaguarda.
Quanto mais completo for o sistema em sua retaguarda (estoque, contas a pagar e receber, bancos) e frente de caixa, maiores serão as vantagens para o negócio. Assim, a automação começa a ser entendida pelo empreendedor como um investimento para aperfeiçoar sua gestão e obter eficiência e produtividade.
-Automação e Tecnologia
Apesar de muitos empreendedores olharem torto toda esta evolução tecnológica, muitos já perceberam as vantagens que isto trará no futuro. Uma delas será eliminar as disparidades gritantes entre preços de produtos similares, acabando com a concorrência desleal.
Além do que, com a automação comercial e a internet, é possível criar lojas virtuais fantásticas que poderão fazer com que uma microempresa concorra de igual para igual com uma multinacional, sendo seu limite a sua capacidade criativa em atingir seu público alvo, e sua estrutura para atender aos milhares de pedidos que poderão ser solicitados, através de um bom trabalho de marketing digital.
-Tipos de automação
Sistemas de automação comercial precisam ser muito bem desenvolvidos, de forma a não oferecer possibilidade de venda desconectada do sistema emissor de cupom fiscal, para evitar fraudes. O mercado oferece hoje sistemas com funcionalidades diferenciadas para variados segmentos, como por exemplo:
Alimentação (bares, restaurantes, lanchonetes, padarias, confeitarias, sorveterias, casas noturnas): venda descentralizada por meio de comandas eletrônica e terminais touch screen, favorecendo a presença mais ativa do garçom junto ao cliente;
Varejo e micro varejo (vestuário, lojas de materiais de construção, eletroeletrônicos, magazines, móveis, farmácias): pré-vendas, por meio de PDAs e terminais touch screen, catálogos eletrônicos, web commerce;
Hotelaria (hotéis, pousadas, albergues, flats): reservas, check in, check out dos hóspedes;  - supermercados: geração de informações por meio de balanças inteligentes, exibição eletrônica dos preços diretamente nas gôndolas;
Postos de combustível: controle integrado das bombas, serviços, loja de conveniência.
-Benefícios da automação comercial:
O principal benefício encontrado na automação de um estabelecimento é diminuir ou eliminar erros que poderiam ser gerados pela falta de integração eletrônica dos departamentos que compõe uma empresa.
Entre as principais vantagens estão:
-Rapidez na verificação de informações;
-Agilidade no atendimento do caixa;
-Maior comodidade para o consumidor;
-Redução de tarefas manuais;
-Diminuição de erro nas vendas;
-Aumento no fluxo de clientes por check out;
-Melhoria nos índices de satisfação dos clientes;
-Maior segurança e agilidade na troca e devolução de mercadorias;
-Aumento na confiabilidade dos processos;
-Redução de custos;
-Facilidade para apuração de resultados;
-Menor desgaste dos funcionários;
-Segurança e agilidade em inventários;
-Aumento da produtividade;
-Melhorias na gestão do negócio;
-Redução da burocracia;
-Agilidade na apuração dos impostos;
-Eficiência no processo de fiscalização.
(Fonte: Sebrae)

O que é um Balanço Patrimonial ou Contábil?



O que é um Balanço Patrimonial ou Contábil?
Balanço Patrimonial é um relatório contábil gerado após o registro de todas as movimentações financeiras de uma empresa em determinado período. Esses registros dos fatos contábeis são aqueles que constam no livro diário da empresa.
Essa demonstração informa toda a situação patrimonial, ou seja, os bens, direitos e obrigações de uma empresa. Além disso, é possível identificar todos os investimentos e suas fontes de recursos.
Por esses motivos e outros que ele, junto com uma Demonstração de Resultado do Exercício é uma excelente fonte de informação para o planejamento e ação nas empresas.
Para que serve um Balanço Patrimonial?
O Balanço Patrimonial é a forma de representar todos os registros contábeis para que o empreendedor possa utilizar as suas informações. Ele organiza e classifica as informações em blocos para o empresário. Com isso se espera aproximar as informações contábeis para os gestores da empresa.
Com o Balanço é possível:
Ter uma posição patrimonial da empresa e conhecer todos os bens, direitos e obrigações em determinado período;
Entender as fontes de recursos para os investimentos da empresa;
Observar a sua evolução história para o planejamento e ação futura;
Permitir e dar lastro ao pagamento de dividendos aos sócios da empresa;
Permitir o Planejamento Tributária da Empresa;
Fornecer informações úteis para as partes interessadas (stakeholders)
(fonte: capitalsocial)

Acesse nosso site: www.gruporesult.com
WhatsApp: https://bit.ly/2Bwmy5h


A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE DO CONDOMÍNIO


A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE DO CONDOMÍNIO
As empresas dificilmente conseguem sobreviver sem os devidos controles, principalmente aqueles relacionados às tarefas financeiras e administrativas, que minimizam o risco da operação e apontam o futuro da organização. Nessa hora observamos a importância da contabilidade. 
O que é contabilidade condominial?
A contabilidade condominial é uma vertente desta ciência social que tem por maior objetivo a medição, com a finalidade de informar todo e qualquer aspecto quantitativo e qualitativo do patrimônio de qualquer tipo de condomínio.
Devemos ver a importância da contabilidade de fato como uma oportunidade de negócio, quando utilizada as ferramentas contábeis para tomadas de decisões mais acertadas, os administradores do condomínio terão a certeza de terem escolhido os melhores investimentos para seu condomínio.
O que obtemos com a contabilidade condominial?
Quanto a investimentos, existe uma demanda diferenciada de informações contábeis, que varia de acordo com cada entidade. Nesse caso, podemos supor que as reduções de gastos, são os resultados mais interessantes que os moradores do condomínio, podem obter com a ajuda da contabilidade.
Claro que precisamos pensar não apenas nas oportunidades de negócios e reduções de gastos. Um condomínio tem questões burocráticas para resolver, tais como: obrigações trabalhistas, processo de contratação, organizar folha de pagamento e contribuições, além de obrigações contábeis e fiscais.
Com contabilidade condominial, você tem mais clareza.
Embora não seja obrigatória por lei, ela é a essência do condomínio, pois nela ficam os registros de todos os atos e fatos. Se as documentações estão adequadas e as transações dentro dos objetivos os frutos da boa administração ficam evidentes, já que a contabilidade é transparente.
A contabilidade condominial juntamente com os devidos demonstrativos contábeis, auxilia os síndicos na elaboração orçamentária, da mesma forma que auxilia os moradores a perceberem administradores relapsos e desleixados.
Com a contabilidade, você tem mais agilidade.

Afinal, o que é Service Desk e qual a sua importância?



Afinal, o que é Service Desk e qual a sua importância?

É indiscutível que a tecnologia da informação é um fator determinante para o sucesso das empresas. Além disso, sua implantação e gerenciamento configuram hoje um diferencial competitivo no mercado. Portanto, não é surpresa que o interesse pelo Service Desk e pelo seu papel dentro das organizações tenha crescido de forma significativa nos últimos anos.
Cada vez mais, as empresas procuram formas de realizar suas tarefas com agilidade. Além de claro, atingir uma qualidade superior no atendimento das suas demandas. Para isso, é necessário o investimento em uma gestão de TI eficiente. É neste momento que entra o Service Desk!
O que é o Service Desk?
O Service Desk é um conceito que tem como objetivo centralizar e unir todas as necessidades de uma empresa em um único lugar, gerindo todo o apoio operacional aos usuários de um sistema e registrando todas interações como forma de controle e monitoramento da organização. 
Assim, um Service Desk é parte vital da estrutura de TI e pode funcionar de três formas através dos analistas de service desk:
Local: quando os usuários do sistema e o Service Desk compartilham o mesmo espaço físico;
Centralizado: quando está fisicamente localizado em um ponto (central) e usuários podem enviar suas requisições de diversos locais;
Virtual: não possui localização física, mas vários pontos de suporte e usuários em diferentes locais.
O que é um analista de service desk?
O analista de service desk é o responsável por analisar os incidentes e solicitações de suporte e serviços. Seu objetivo é solucionar problemas operacionais, que necessitam de tratamento específico. Tudo isso evita falhas e visa a qualidade na prestação de serviços, agindo sempre de forma preventiva.
O Service Desk pode ser visto com a evolução do Help Desk. Contudo, são serviços bem diferentes, como veremos a seguir.
Qual é a diferença entre Service Desk e Help Desk?
O Help Desk soluciona dúvidas e problemas mais comuns do dia a dia dos usuários. Essas questões são de solução mais simples:
problemas nos sistemas operacionais;
impressoras;
hardwares;
aplicativos;
dificuldades para abrir e-mails ou utilizar programas.
Já o Service Desk é mais abrangente, também conhecido como “suporte de nível 2”, responsável por questões mais complexas. Ou seja, o Help Desk é um atendimento mais simples e imediato aos usuários da infraestrutura de TI, enquanto o Service Desk vai mais além, agindo como uma verdadeira ferramenta de gestão TI de uma empresa.
(fonte: teclogica)




A importância da contabilidade para a empresa.



Saiba Mais!!!

A importância da contabilidade para a empresa.
A contabilidade é necessária para toda e qualquer empresa independente do seu porte, segmento e da sua forma de tributação.
Saber qual a importância da contabilidade na empresa faz com que o empreendedor tenha um panorama claro da vida financeira, fiscal e tributária do seu negócio.
A pessoa de um profissional contábil, dentro uma empresa, garante segurança de informações e planejamento empresarial.
Isto, por que um profissional da área saberá dar orientações para que os empresários possam trilhar o melhor caminho para o seu negócio.
Acompanhe este texto, veja tudo sobre o assunto e fique por dentro das melhores práticas.
Definindo a Contabilidade e seu papel nas empresas
No nosso país, contador é visto, quase que sempre, como algo ruim, sendo alguém que só traz mais despesas e guias de pagamento para o negócio.
Isto, por conta do complexo sistema tributário no Brasil, que acaba dando este tom para o papel de tais profissionais.
Contudo, hoje o contador ou a contabilidade, como um todo, tem um papel fundamental dentro das empresas, vamos juntos definir papeis e ações de tal serviço.
A Contabilidade pode ser definida como um serviço ou ciência social, que busca estudar e colocar em pratica técnicas de administração e economia.
Além disto a prática contábil, desde os primórdios de sua história, consiste em auxiliar no processo de administração de empreendimentos.
Hoje em dia, a contabilidade tem papel fundamental no processo de tomada de decisões de uma empresa ou negócio.
Tudo isto por meio de informações e relatórios que somente um profissional contábil pode fornecer e auxiliar na geração.
Dessa forma, podemos criar uma definição moderna de contabilidade, como um instrumento que auxilia não só na administração do negócio como na tomada de decisões.
Portanto, já por esta definição podemos ver que o papel da contabilidade é de grande importância para os negócios.
 (fonte:administradores.com)

Fique por dentro!!! Como a tecnologia pode colaborar com a organização do condomínio.



Como a tecnologia pode colaborar com a organização do condomínio.

Os avanços tecnológicos e digitais tem se tornado cada vez mais intrínseco na vida das pessoas. Isso fica mais evidente se avaliarmos a maneira como as pessoas da atualidade trabalham, se organizam e comunicam. Hoje em dia praticamente todas as funções sofreram alguma mudança através da democratização da internet e o surgimento de dispositivos como smartphones, notebooks  tablets e outros. Essa evolução é um marco muito importante e que vem para contribuir com a população.
Com a gestão de condomínios não é diferente! Se há alguns anos tudo era feito na base do papel, dos avisos colados no hall de entrada – muitas vezes feitos a mão – hoje já é possível contar com o suporte tecnológico que colabora com a administração predial que facilita a vida do síndico e também dos moradores.
Ser o gestor de um condomínio não é tarefa fácil e exige amplo preparo. Sabendo da importância da modernização em sua vida, confira agora alguns recursos tecnológicos que prometem otimizar a vida em seu condomínio.
 - Ferramenta 1: Dropbox
Um síndico lida com diversos documentos relativos à administração do condomínio. Planilhas financeiras, atas de reuniões, horários, avisos. São demandas que exigem muitos cuidados e responsabilidade.
Uma maneira muito confiável de manter todos esses documentos a salvo e, de quebra, garantir que estejam sempre acessíveis de onde estiver é adotando o Dropbox.
Com ele é possível gravar arquivos – como imagens, PDFs, planilhas e textos – em nuvem, e visualizá-los através do seu computador, smartphone ou tablet. Tudo o que você precisa bem nas suas mãos. Não engane-se achando que esse aplicativo serve apenas para o síndico.  Os condôminos também podem adotá-lo e com isso estarão sempre atentos aos horários de reuniões, informativos e agendas envolvendo o condomínio.
 - Ferramenta 2: Evernote
Um síndico lida com diversos documentos relativos à administração do condomínio. Planilhas financeiras, atas de reuniões, horários, avisos. São demandas que exigem muitos cuidados e responsabilidade.
Uma maneira muito confiável de manter todos esses documentos a salvo e, de quebra, garantir que estejam sempre acessíveis de onde estiver é adotando o Dropbox.
Com ele é possível gravar arquivos – como imagens, PDFs, planilhas e textos – em nuvem, e visualizá-los através do seu computador, smartphone ou tablet. Tudo o que você precisa bem nas suas mãos. Não engane-se achando que esse aplicativo serve apenas para o síndico.  Os condôminos também podem adotá-lo e com isso estarão sempre atentos aos horários de reuniões, informativos e agendas envolvendo o condomínio.
- Ferramenta 2: Evernote
Poucas pessoas costumam ter um bloco de notas em mãos. As mãos hoje só tem espaço para uma coisa: o smartphone.  Mas é possível tirar proveito disso, sabe como?  Baixando o Evernote!
Na hora de fazer anotações rápidas, seja uma estrutura que precisa de reparo ou a data de uma reunião, o Evernote será um grande aliado.
Além de ser prático e seguro o aplicativo mantém as anotações organizadas. Dessa forma as chances de você perder alguma informação ou esquecer ao longo do dia é praticamente nula.
Trata-se de um excelente auxílio para sua memória e sua organização diária. Importante para quem está sempre sendo como os síndicos.
 - Ferramenta 3: Condomínios Virtuais
Trata-se de um aplicativo para administração dos condomínios. Uma ferramenta extremamente útil tanto para o síndico quanto para os condôminos. Este mecanismo oportuniza realizar a reserva de áreas comuns, cadastrar automóveis autorizados a entrar no prédio, arquivar e consultar contatos e documentos importantes, falar virtualmente com o síndico, elaborar enquetes e votações com os moradores, entre outras diversas funcionalidades úteis em prol de todos os moradores.
Existe a possibilidade de usufruir deste sistema de forma experimental durante um mês e depois deste prazo, caso julgue interessante continuar, existem planos para condomínios de pequeno, médio e grande porte.
(Fonte:amcconstrutora)

Qual é a importância do EPI na Construção Civil?



Fique por dentro!!!!

Construção Civil: Qual é a importância do EPI neste setor?

Entenda os motivos pelo qual é tão importante utilizar corretamente os equipamentos de proteção individual na construção civil.
A construção civil é um dos principais setores da economia, movimentando uma indústria inteira e gerando empregos. Os trabalhadores desta área ficam expostos a ricos inerentes à atividade, seja devido aos materiais e maquinários usados, seja pela altura e infraestrutura. Dessa forma, é natural que o uso do equipamento de proteção individual seja obrigatório.
Os riscos da construção civil:
Todas as obras da construção civil acabam exercendo algum tipo de risco ao trabalhador. Mesmo reformas de casas e apartamentos, por exemplo, devem ser realizadas com os devidos cuidados. Em obras maiores, então, a preparação é ainda mais necessária.
Os principais riscos se encontram na queda de objetos (impacto do peso), cortes, perfurações, contatos com líquidos (fluídos, tintas, solventes, cimentos, etc.), entre outros. Além disso, em casos de trabalho em altura, a queda é um perigo óbvio.
As condições variam conforme a construção. Para efeito deste conteúdo, podemos considerar:
Queda de ferramentas e materiais vindos de um nível superior.
Queda de ferramentas e objetos nos pés do trabalhador.
Pregos, vidros e lâminas no solo.
Fiação elétrica.
Poeira em geral (risco ao sistema respiratório).
O EPI na construção civil:
Tendo todos estes riscos, entende-se a importância de usar o EPI na construção civil. Além de saber as normas (links no final do conteúdo) que obrigam seu uso, empregadores também devem reforçar o ponto com seus profissionais. É fundamental fazer com que o trabalhador entenda como cada EPI aumenta sua segurança e protege sua integridade física.
A conscientização dos profissionais sobre a importância do EPI é um dos principais desafios, pois é comum ver negligências por falta de informação e bom senso.
Para conscientizar o trabalhador, empregadores devem alocar parte de seus recursos para a realização de treinamentos e aulas. O uso correto do EPI não acarreta desconforto ou limitação nos movimentos. Usados corretamente, os equipamentos são confortáveis e ergonômicos.
EPIs usados em obras de construção: